quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Quase de propósito

Não escondo a minha pouca simpatia pela ideologia do José Saramago mas penso que o texto anterior representa uma interpretação da Bíblia bastante mais profunda que o do prémio Nobel.

Sem comentários: