segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Paul Krugman, Nobel da Economia

A Real Academia Sueca das Ciências anunciou hoje (13-10-2008) a escolha de Paul Krugman para o prémio Nobel da Economia, pela elaboração de uma nova teoria que integrou as investigações sobre as trocas comerciais e a geografia económica, dois campos ainda por explorar.

"Paul Krugman trouxe uma inovação fundamental para a teoria do comércio internacional, sustentando e provando que há certas situações em que os mercados não funcionam bem", considerou o ex-ministro das Finanças Silva Lopes.

O economista e professor Universitário João César das Neves considerou que a atribuição do Nobel a Krugman distingue "uma ideia muito simples, mas que revolucionou a teoria do comércio internacional ... Paul Krugman demonstrou que pode haver comércio internacional se houver vantagens de escala e esta ideia genial mudou a economia do comércio mundial".

Até à publicação do artigo de Krugman sobre o comércio internacional, na década de 1970, a teoria que vigorava "era baseada na hipótese de que os mercados funcionavam bem" sozinhos e o mérito do novo Nobel da Economia foi, na opinião de Silva Lopes, "ter resistido a esta ideia".

Ninguém me pediu opinião mas sou daqueles que penso que dos EUA vem os problemas e as soluções para a humanidade - mas que estas últimas superam as anteriores.

1 comentário:

Marco disse...

O Krugman sempre foi muito falado em casa dos meus pais. Ontem até parecia que tinha sido um amigo da família a ganhar o Nobel da Economia!