sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Serviço à Humanidade

‘Abdul-Bahá descreve as “causas e circunstâncias[i] da “perfeição[ii] dos mundos mineral, vegetal e animal, e distingue-as da sua “verdadeira prosperidade[iii] que conduz à honra de vários reinos.

A honra e exaltação de todos os seres depende das causas e circunstâncias que lhes são inerentes.A excelência, a beleza e a perfeição da terra está na sua verdura e fertilidade, resultante das dádivas das chuvas primaveris. As plantas crescem, flores e ervas aromáticas surgem; as árvores frutíferas florescem e produzem frutos novos e frescos. Os jardins e prados tornam-se belos; as montanhas e as planícies ficam verdejantes; e os jardins, campos, vilarejos e cidades são embelezadas. Eis a prosperidade do mundo mineral.
O zénite da exaltação e a perfeição do mundo vegetal, encontra-se numa árvore que cresce nas margens de um rio de águas frescas, uma brisa suave que sobre ela sopra, o calor do sol que sobre ela brilha, cultivada por um agricultor, desenvolvendo-se assim gradativamente e produzindo frutos. Mas a sua verdadeira prosperidade está em progredir para o mundo animal, e humano repondo o que se tiver esgotado nos corpos dos animais e dos homens.

A exaltação do mundo animal consiste em possuir membros, órgãos e sentidos perfeitos e ter todas as suas necessidades supridas. Nisso consiste a sua glória suprema, a sua honra e exaltação.Portanto a suprema felicidade, de um animal consiste em possuir um prado verde e fértil, água corrente pura, uma floresta verdejante e encantadora. Se um pássaro, por exemplo, construir o seu ninho numa floresta verdejante e viçosa, num lugar alto e belo, no topo de um galho, numa árvore forte e se encontrar grãos e água em abundância, isto é a sua prosperidade perfeita.
Mas para o animal a verdadeira prosperidade consiste na passagem do mundo animal para o humano, como os animais microscópicos que, através da água e do ar, entram no organismo humano e são assimilados, e repõem o que é consumido neste corpo. Nisso está a grande honra e prosperidade para o mundo animal; para este, maior honra não pode ser concebida.”[iv]

[i] Conservação dos recursos da Terra, página 13
[ii] Conservação dos recursos da Terra, página 13
[iii] Conservação dos recursos da Terra, página 13
[iv] Conservação dos recursos da Terra, página 14

Sem comentários: