domingo, 18 de fevereiro de 2007

Concepção materialista / espiritual

Os Bahá’is acreditam que Bahá’u’lláh é o Mensageiro de Deus para o actual estado de desenvolvimento da humanidade e que, pela primeira vez na história das religiões, não existirão seitas dentro desta mesma Religião. É também sua crença que um Mensageiro trouxe uma ordem administrativa para a Humanidade. Nesta ordem administrativa não existe clero e a consultação é o princípio básico nas tomadas de decisão.

Os programas de desenvolvimento têm-se baseado numa concepção materialista, em que a vertente espiritual é esquecida. A própria premissa sobre a natureza humana tem de ser alterada, não poderá ser entendida como sendo possuidora de uma ferocidade atroz e inata aquando da competição com os seus semelhantes.

O fosso cada vez maior entre ricos e pobres é a prova do falhanço dos programas de desenvolvimento que se basearam num conceito materialista. O colapso social é um facto. A tentativa de deificação de um Estado foi um fracasso total. Essas ideologias tais como os programas sectários, de forma alguma conseguiram resolver os problemas a que se tinham autoproposto. Acabando por se tornarem nos inimigos de quem pretendiam servir.

4 comentários:

Mikas disse...

Uma óptima semana

Ângelo C. disse...

Deus continua a enviar mensagens.
Maomé fez um esforço, mas...
Estava limitado e era limitado.
Ele próprio reconheceu isso de várias formas.Até disse que era um simples humano.
Pq n foi o ultimo mensageiro nem Deus parou de enviar mensagens.
Deus n tirou os sentidos às pessoas.
Sentidos servem p sentir
Sentir é receber informação do exterior.
Informações são o conteúdo de mensagens.
As pessoa são feitas de natureza receptora.
Logo, Deus mantém todas as condições para as pessoas continuarem a receber mensagens.
Pq mesmo no mais pequeno átomo ou ideia, há informação.
Se Deus fez tudo e está em tudo, então há informação de Deus em tudo.
As pessoas, além de receptoras de informação religiosas, tb são emissoras.
Têm essa energia natural. Através de conselhos, práticas, exemplos, interpretações, etc...
As pessoas querem transmitir informação religiosa às outras pessoas e a Deus.
Pq nunca li isto, nem me foi dito, de onde veio ?
Creio que para teologia de um amador, estas reflexões até estejam razoáveis.
Angelo
anjocel@gmail.com

Elforadiante disse...

Toda a terra se encontra agora em estado de prenhez. Aproxima-se o dia em que ela terá dado seus mais nobres frutos, quando dela terão brotado as mais altas árvores, as flores mais encantadoras, as bençãos mais celestiais. Imensuravelmente exaltada é a brisa que soprou das vestes de teu Senhor, o Glorificado! Pois, vêde! Soprou sua fragrância e renovou todas as coisas! Benditos são aqueles que compreendem. Os céleres ventos da graça de Deus passaram sobre todas as coisas. Toda criatura tem sido dotada com todas as potencialidades que pode conter... O tempo aproxima-se quando toda coisa criada se terá desenvencilhado de seu fardo. Glorificado seja Deus O qual concedeu esta graça que abarcou todas as coisas, quer sejam visíveis ou invisíveis!

Bahá'u'lláh, The World Order of Bahá'u'lláh, p. 169

Anónimo disse...

Mais alguma reflexão.
Se Alá é todo poderoso, tem todos os poderes, então também tem os poderes maus.
Se Deus/Alá é o único deus e criador, então também criou o mal.
Até demorei algum tempo a publicar esta reflexão, por ter ficado admirado com as conclusões.
Creio que esta ideia de um Deus bom e mau ao mesmo tempo, seja próxima à ideia que os hindus têm das divindades.
Quanto aos cristão, creio que o problema se resolva com o espírito santo.
Se Deus é tudo, também é espírito. Se é espírito, também é espírito santo.
E através do espírito santo, que pode ser algo que seja partilhado entre Deus e os homens, podem-se alcançar novos patamares no desenvolvimento humano.
Angelo