segunda-feira, 26 de fevereiro de 2007

A Interrelação entre o Ambiente e Social

Poder-se-á considerar que, de acordo com a actual evolução social, a Humanidade está a atravessar um fase crítica que corresponde à transição da adolescência para a maturidade. Durante a adolescência há uma grande competição pelo poder. São cada vez mais notórias as limitações do individualismo competitivo, do racismo, do sexismo, do nacionalismo e de todas as outras formas de divisão e conflito, não apenas no sistema humano mas também no ecológico.

A questão ambiental deixou de ser um ”luxo dos países ricos” para ser uma questão de sobrevivência para todas as nações, sejam elas ricas ou pobres. Aliás, estas últimas são as mais vulneráveis.

Muitas das cidades do terceiro mundo ultrapassam um milhão de habitantes e algumas como a Cidade do México, Nova Deli, São Paulo, Rio de Janeiro ou Lagos têm mais de dez milhões de habitantes. Muitos dos novos imigrantes que chegam a estas cidades são homens que vão viver para as zonas marginalizadas. Por outro lado, no campo há muitas famílias que ficam apenas a cargo das mulheres.

Na Cidade do México cerca de 70% dos seus habitantes sofrem de problemas de saúde relacionados com a elevada poluição atmosférica. Por outro lado, doenças como desinteria, febre tifóide, provocadas por inadequada abastecimento de água, devastam grandes franjas da sociedade.

3 comentários:

Catellius disse...

Grande João,
Postei um longo texto sobre minha descrença dividido em 5 partes:
I - Deuses
II - Deus Bíblico
III - Sobrenatural
IV - Moral e Cristianismo
V - Religiões
Gostaria de saber sua preciosíssima opinião!

Mikas disse...

Boa semana, espero que corra bem.

Pedro disse...

João, gostei muito do tema abaordado neste post e da maneira como o fizeste