quinta-feira, 7 de setembro de 2006

A Hora (1.ª parte)

O Alcorão refere-se ao Dia da Ressurreição como um dia abençoado e uma calamidade. “A Hora”, o Alcorão explica, é determinado somente por Deus – tal como em Mateus 24 : 36: “quanto a esse dia e a essa hora , ninguém sabe, nem os anjos do Céu, nem o Filho, mas somente o Pai.”

"Interroga-te acerca da Hora: “Quando será a sua chegada?” Responde: “O seu conhecimento está junto do meu Senhor. Ninguém o manifestará no seu momento senão Ele. Só vos chegará de imprevisto.”

Perguntam-te como se Tu a conhecesses. Responde: o seu conhecimento está junto de Deus, mas a maior parte dos homens não o sabe.” - Sura “O Muro” (VII, v.186-187)

Os homens perguntam-te acerca da Hora do Juízo. Responde: “O seu conhecimento está junto de Deus.” Que te pode informar? Talvez que a Hora esteja próxima.” - Sura “Os Partidos” (XXXIII, v.63)

Perguntam-Te acerca da Hora: “Quando será a sua chegada?

Que sabes dela?”

O seu prazo cabe ao Teu Senhor:

Tu não és mais que um admoestador dos que a temem.

No dia em que a vejam parecer-lhes-á que não permaneceram nos seus túmulos mais do que a véspera da madrugada.”

- Sura “Os que Arrastam” (LXXIX, v.42-46)

Os que não crêem dizem: “A Hora não nos chegará.” Responde: “Sim! Pelo Meu Senhor!
Chegar-vos-á! Juro-vos pelo meu Senhor, que conhece o oculto, a quem não escapa nem o peso de um átomo, nem tão-pouco o que é menor ou maior do que isso, do que há nos Céus e na Terra, em que esteja escrito num Livro explícito” - Sura “Os Habitantes de Sabá” (XXXIV, v. 3)

“Esperam que a Hora lhes chegue de súbito? Já chegaram as Suas condições. Como terão, quando lhes chegue, a Sua Instrução?” – Sura “Muhammad” (XLVII, v.18)

Os que não crêem não deixarão de estar em dúvida a respeito da Revelação, até que de súbito lhes chegue a Hora ou o tormento de um dia estéril.

O poderio então pertencerá a Deus, que julgará entre eles. Os que tenham acreditado e tenham praticado o bem serão introduzidos em jardins de sonho.

Mas os que não tenham acreditado e tenham recusado os Nossos versículos, esses terão um tormento desprezível.”

- Sura “A Peregrinação” (XXII, v. 55-57)

1 comentário:

João Moutinho disse...

Para jé tenho como objectivo terminar esta exposição(talvez exaustiva) sobre as duas Religiões.
Mais tarde penso vir a escrever sobre a questão ambiental.
Por outro lado, as limitações de tempo não me têem permitido investigar sobre outros temas que gosto de debater.