sexta-feira, 28 de julho de 2006

Islão um termo específico e geral (2.ª parte)


Recordai-vos de quando Abraão e Ismael levantaram os alicerces do Templo dizendo: “Senhor nosso! Aceita-nos isto. Tu tudo ouves, és o Omnisciente.”
Senhor nosso! Faz-nos submissos perante Ti, e da nossa descendência fez uma nação a Ti submissa. Ensina-nos as práticas rituais. Perdoa-nos. Tu és o Deus de Perdão, o Misericordioso.
” - Sura A Vaca (II, v. 127-128)

“Quem contradirá a doutrina de Abraão, senão quem é insensato? Escolhemos Abraão nesta vida, e ele estará entre os justos no outro mundo.
Recordai-vos de, quando lhe disse o seu senhor: “Submete-te”, respondeu: “Submeto-me ao Senhor dos Mundos.”
Abraão legou a sua submissão a seus filhos, e Jacob, aos seus, disse: “Meus filhos! Deus vos escolheu a religião; cumpri-a para que possais morrer submissos.” - Sura “A Vaca”
(II, v. 130-132)

“Fostes testemunhas de que quando se apresentou a morte a Jacob este perguntou aos seus filhos: “Que adorareis depois da minha morte?” Responderam: “Adoraremos o teu Deus, o Deus de teus pais, Abraão, Ismael e Isaac, um Deus único, e a Ele ficaremos submetidos.” - Sura A Vaca (II, v. 133)

Responderam: Realmente, nós voltaremos ao nosso Senhor.
Não tiras vingança de nós a não ser porque cremos nos prodígios do nosso Senhor quando nos chegam. Senhor nosso! Derrama em nós paciência e faz-nos morrer submetidos à tua vontade!”
- Sura O Muro (VII, v. 125-126)

Recordai-vos de quando inspirei os Apóstolos, dizendo: “Crede em Mim e no Meu Enviado.” Responderam: “Cremos: testemunha que estamos submetidos à vontade de Deus.” - Sura A Mesa (V, v. 111)

Nestes casos o tradutor optou por citações relacionadas com a palavra submissão e não “muçulmano”. Em outras traduções surge a palavra muçulmano, significando que Noé, Abraão, Ismael, Jacob, Moisés, Jesus e Seus discípulos são muçulmanos, apesar de terem vivido antes da Revelação Maometana. De facto há um excerto que demonstra claramente que a terminologia “muçulmano” significa os crentes de qualquer Manifestação Divina durante a Sua Dispensação.

Aqueles a quem demos o Livro antes deste Alcorão crêem nele. E quando se lho recitam, exclamam: “Cremos nele. É a verdade proveniente do Nosso Senhor! Nós éramos submissos antes da sua chegada!" - Sura “O Relato” (XXVIII, v.52-53).

Aqueles a quem foi dado o Livro antes do Advento de Maomé eram “submissos” [muçulmanos], incluindo os Cristãos e os Judeus, que no Alcorão são referenciados como “O Povo do Livro”. Nos versículos citados, Noé, Abraão, Ismael, Jacob, Moisés, Jesus e Seus discípulos são considerados como tal. Além disso, no seguinte versículo Deus confirma as orações de Abraão e identifica os seus seguidores das épocas passadas como sendo muçulmanos:

Ó vós que credes! Inclinai-vos! Prostrai-vos! Adorai o vosso Senhor! Fazei o bem! Talvez sejais bem-aventurados.
Combatei por Deus como se Lhe deve! Ele vos escolheu. Não vos pôs dificuldade na religião, a doutrina do vosso pai Abraão. Ele chamou-vos muçulmanos antes e neste Alcorão para que O Enviado seja testemunha de vós e vós sejais testemunhas dos homens. Cumpri a oração! Dai esmolas! Acolhei-vos a Deus! Ele é o vosso Senhor! É o melhor Senhor! É o melhor defensor!”
– Sura “A Peregrinação” (XXII, v. 77-78)

Sem comentários: