terça-feira, 18 de julho de 2006

A Amplitude da Revelação Corânica

Circunscrever esta Revelação apenas ao mundo muçulmano seria um erro, por toda a contribuição para a história universal e poderosa convocação para que o homem se enobreça com a comunhão da Palavra revelada.

Conforme já dissemos, os inimigos da Causa de Deus organizaram grandes exércitos para matar Maomé e o grupo de Seus seguidores. Ele tinha de proteger a Causa de Deus e os Seus discípulos com as respectivas famílias. Assim, permitiu que os Seus seguidores lutassem contra os selvagens que desejavam destrui-los. Tal como nos tempos de Krishna, os exércitos da luz e das trevas novamente se haveriam de digladiar.

Foi aprendendo com a civilização árabe e islâmica que a Europa medieval adquiriu muitos conhecimentos relacionados com a arte, ciências naturais e exactas, filosofia e sistemas de governo. Assim, mesma que de forma não explícita, o renascimento europeu foi uma herança maometana.

A própria reforma luterana que veio dar uma novo impulso ao cristianismo, na sua maioria de forma benigna, é um reflexo do Islão.
Disse que a religião de Deus, que viera dos céus através d’Ele, voltaria a Deus depois de passados mil anos.

Com isso quis dizer que o povo esqueceria Seus ensinamentos, no decorrer de mil anos. Mas, acrescentou Maomé, depois desse tempo, quando nada mais restasse da Religião de Deus na terra, o som de uma poderosa trombeta seria ouvido, não uma vez, mas duas vezes – e os povos do mundo veriam a face do próprio Deus.

O som da trombeta significa o Chamado de Deus.

O Chamado de Deus já feito duas vezes nesta Era, tal como profetizado. O Báb apareceu exactamente mil anos depois da revelação do Islão. No espaço de tempo ínfimo, Bahá’u’lláh declarou Sua Missão. Foi então que O Báb chamou os homens para Deus, lembrando-os da Sua grande promessa. Bahá’u’lláh levantou a Sua voz em seguida, após o massacre d’O Báb, num segundo clamor, chamando os filhos de Deus para fitarem Sua face.

Vamos procurar fazer um estudo desta Revelação maravilhosa e o cumprimento de Suas profecias, não sem antes fazermos algumas referências ao advento de Maomé e tentar apontar algumas razões que têm provocado animosidade entre a Cristandade e o Islão.

Sem comentários: