sexta-feira, 8 de setembro de 2006

A Hora (2.ª Parte)

De acordo com os versículos expostos, é óbvio que a Hora surgirá de forma inesperada e surpreenderá os povos. As profecias serão cumpridas, os bons serão abençoados e os maus sofrerão perante a catástrofe. Também está subjacente que a Hora está próxima de acordo com os sinais que surgiram no tempo de Maomé.

Há uma questão que se poderá colocar:

Os sinais dizem respeito á nossa geração ou aquela que virá? Quais os sinais anunciados que surgirão, de acordo com o seguinte versículo do Alcorão

“...Nada descuidámos no Livro...” – Sura “Os Rebanhos” (VI, v.38)

Se eventos semelhantes aqueles ocorrido na “Hora” já ocorreram, poder-se-á concluir que através desses sinais ela poderá ser reconhecida.

A Sura de Hud é uma das que relembra aos muçulmanos que a “Hora” está determinada por Deus, tal como em anteriores Manifestações – uma hora em que haverá bênçãos e calamidades. Uma hora que virá, tal como ocorreu anteriormente, sobre as nações, sendo louvados os que acreditaram e repudiados os que negaram. Um outro sinal é que um novo Apóstolo pode surgir e cumprir a sua missão enquanto os descrentes olham com dúvida para a Sua missão. A sua punição predita pelo Apóstolo:

Se lhe adiamos um tormento até uma geração determinada dizem; “Que contém?” no dia em que lhes chegue o tormento, este não se afastará deles e lhes cercará aquilo que zombavam.”
- Sura de Hud (XI, v.8)

Sem comentários: